Inovação para ampliar a competitividade

Criado por sindiplastes

dezembro 1, 2020

Tema foi debatido durante a Semana do Plástico 2020, com a apresentação de oportunidades de editais em aberto

Inovação para ampliar a competitividade

A trilha da inovação abre novos caminhos e possibilidades para as empresas. Hoje, acima de tudo, inovar tornou-se uma necessidade de sobrevivência. Durante a Semana do Plástico, realizada de 23 a 27 de novembro, o tema foi pautado em um encontro intitulado “Inovação Setorial”. A apresentação, realizada online pela plataforma Zoom, apresentou projetos do setor de Plásticos apoiados pelo FindesLab – o hub de inovação da indústria capixaba, e pelo Instituto Senai de Tecnologia, além de orientações para a participação em editais de inovação como caminho para o aumento da competitividade.

O responsável pelo setor de Articulação para Inovação do FindesLab, Iomar Cunha, destacou que o mercado está aquecido para fontes de fomento e de agentes para apoiar os empresários a escreverem e inscreverem seus projetos, e acompanharem o seu desenvolvimento. “O FindesLab é um parceiro de toda hora do Sindiplast-ES e de toda ação que leve ao aumento da competitividade e da inovação. Há um desafio de inovar nas empresas, não só tecnologicamente, mas em processos, na parte jurídica, em interações com parceiros, fornecedores e clientes. As indústrias precisarão se reinventar neste novo modelo de mercado que está aí”, afirmou.

O executivo relatou a experiência positiva na parceria realizada pelo FindesLab com a FortLev, uma das empresas madrinhas do Programa Findeslab de Empreendedorismo Industrial, que incentiva projetos e startups por meio de desafios a soluções inovadoras para a indústria. “O projeto da Fortlev foi uma grande surpresa. Os desafios lançados estavam associados ao relacionamento com clientes e fornecedores, o que mostra que a inovação vai além do desenvolvimento de produtos. O projeto revelou possibilidades à FortLev para outros modelos de negócios e desafios internos, que a empresa já está buscando desenvolver”, ressaltou.

O presidente do Sindiplast-ES e diretor da Maifredo Embalagens, Jackley Maifredo, falou de sua experiência com o projeto de inovação que está desenvolvendo com o FindesLab. Em 2020, o projeto foi contemplado com R$ 150 mil por meio do edital da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Espírito Santo (Fapes), por apresentar uma solução para a adaptação das máscaras de CPAPs para tratamento não invasivo de pacientes de Covid-19, que precisam de um suporte menos intensivo, reduzindo bastante o custo do produto.

Maifredo enfatizou que um de seus receios no início do projeto era conseguir incluí-lo em sua rotina, mas que o FindesLab ofereceu todo o suporte e o apoio necessários para o desenvolvimento e gerenciamento do projeto. “Este projeto surgiu de uma sugestão de um amigo, que é médico. É um outro nicho de mercado que estamos investindo e, na hora que ficar pronto, vai poder ajudar a toda população. O protótipo está agora sendo desenvolvido junto ao Senai. Foi o meu primeiro projeto, mas não será o último”, completou.

Possibilidades ocorrem em todas as áreas

As possibilidades proporcionadas pelos projetos de inovação ocorrem em todas as áreas. O responsável pelo setor de Articulação para Inovação do FindesLab, Iomar Cunha, ressaltou que esses projetos tem trazido mais mão de obra qualificada para o Espírito Santo, por meio das startups que buscam desenvolver os projetos propostos pelas indústrias capixabas. Hoje, boa parte dos editais também trazem a possibilidade de contratação de um bolsista de alta qualificação.

A analista de Projetos de Inovação no Findeslab, Raiane Reinholz, destacou ainda que, muitas vezes, as tecnologias já existem, mas se perde oportunidades pela falta de aplicação. Exemplificando, ela citou o caso da Fibravit, que está desenvolvendo um projeto de sanitários hidráulicos com moldes divisíveis, utilizando tecnologias como geolocalização, sensorização e checklist à distância. O primeiro protótipo deve ser montado em breve.

A especialista também apresentou o mapa de fomento à inovação no Brasil, as oportunidades de editais abertos, como estruturar um projeto de inovação e parcerias tecnológicas que podem ser feitas no País. Somente o Senai possui 83 Institutos de Inovação pelo Brasil. “Existem recursos disponíveis e estamos aqui para ajudar as empresas a acessarem esses recursos, desenvolverem novos produtos, processos e serviços inovadores, e serem cada vez mais produtivas e competitivas”, finalizou.

Oportunidades de editais em aberto para o setor de Plásticos:

Edital: Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (EMBRAPII)

Público-alvo: Indústrias de todos os portes

Objetivo: Fomentar a inovação através de projetos de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação na Indústria Brasileira

Mais informações: https://embrapii.org.br/

Edital: Inova Talentos

Público-alvo: Empresas de qualquer porte

Objetivo: Selecionar, capacitar e inserir no mercado profissionais para exercerem atividades de inovação e estimular as indústrias a se manterem competitivas, diversificadas e inovadoras.

Mais informações: https://www.portaldaindustria.com.br/inovatalentos/

Edital: Plataforma Inovação para a Indústria

Público-alvo: Indústrias brasileiras de qualquer porte ou startups

Objetivo: Depende da categoria.

Mais informações: https://www.portaldaindustria.com.br/canais/plataforma-inovacao-para-aindustria/

Edital: Finep Inovacred 4.0

Público-alvo: Empresas brasileiras de transformação e agricultura com receita operacional bruta de até R$ 300 milhões/ano

Objetivo: Apoiar a formulação e implementação de soluções de digitalização que abarquem a utilização, em linhas de produção, de serviços de implantação de tecnologias habilitadoras da Indústria 4.0.

Mais informações: http://www.finep.gov.br/apoio-e-financiamentoexterna/programas-e-linhas/inovacred4-0

Artigos relacionados

Inscrições abertas para o 5º Seminário Gente & Gestão do Sindiplastes

Inscrições abertas para o 5º Seminário Gente & Gestão do Sindiplastes

Estão abertas as inscrições para o V Seminário Gente & Gestão do Sindiplastes. O evento será realizado no dia 21 de outubro e terá como tema central as “Mudanças nos Modelos de gestão em Decorrência da pandemia”. As discussões vão reunir pesquisadores da fundação...

Nanotecnologia para combater covid-19 é tema de evento

Nanotecnologia para combater covid-19 é tema de evento

Investimentos em nanotecnologia podem facilitar a vida em sociedade no chamado novo normal. Antenadas neste cenário, empresas que tem atuação no setor do plástico tem investido recursos e pesquisas nesta ciência para buscar soluções eficazes no combate a pandemia da...

Usos e tecnologias nos hospitais é tema de Semana do Plástico

Usos e tecnologias nos hospitais é tema de Semana do Plástico

A utilização e novas tecnologias do plástico no dia a dia dos hospitais como nos curativos, bolsas de sangue, seringas e luvas próteses é o assunto a ser debatido durante a 14ª Semana do Plástico. O evento com o tema central a “Utilização do Plástico na Saúde” será...

Avenida Nossa Senhora da Penha,
Nº 2.053 – Ed. FINDES 3º andar,
Santa Lúcia, Vitória, ES,
CEP: 29.056-913
Telefone: 27 3334-5922

Newsletter

Fique por dentro das novidades do sindicato

Siga-nos

Acompanhe as novidades do Sindiplastes em nossas redes sociais.