Aquecer alimentos em recipientes plásticos no micro-ondas não causa câncer

Criado por sindiplastes

fevereiro 23, 2021

Aquecer alimentos em recipientes plásticos no micro-ondas não causa câncer

Acreditar que os plásticos quando aquecidos no micro-ondas pode liberar substâncias cancerígenas nos alimentos acondicionados é um mito que surgiu nos anos 90 e ainda assombra o imaginário popular. Quem ressalta é a Associação Brasileira da Indústria do Plástico (Abiplast), o Instituto Socioambiental do Plástico e a Associação Brasileira da Indústria do PET (ABIPET) que garantem que o plástico utilizado no aparelho não causa problema algum de saúde ao consumidor.

Os plásticos somente liberam substâncias tóxicas a partir de temperaturas muito elevadas, algo em torno de 200 a 400 graus centígrados, segundo comprovação de estudos científicos. O que é muito distante da temperatura alcançada pelos micro-ondas ao aquecer alimentos ou menos na fervura da água, que fica em torno de 100° C.

Os estudos da Food and Drug Administration, agência do governo norteamericano de regulamentação de alimentos e medicamentos, comprovou em seus relatórios que os estudos científicos realizados não identificaram que os plásticos contenham dioxinas (substância que poderia provocar a contaminação) e muito menos que elas seriam formadas quando embalagens plásticas são aquecidas nos micro-ondas.

Lembrando ainda que o Brasil – assim como a União Europeia e Estados Unidos – contam com legislação sobre materiais para contato direto com alimentos, que inclusive, é constantemente aperfeiçoada e atualizada. As legislações são publicadas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária – ANVISA do Ministério da Saúde, ficando sob a responsabilidade das Vigilâncias de Saúde Estaduais ou Municipais inspecionar as indústrias que fabricam materiais para contato com alimentos. E anda, as leis no Brasil acompanham as internacionais, que se aplicam, inclusive nos produtos importados.

E não é de hoje que as instituições estão atentas para isso para as temperaturas no micro-ondas. Ainda nos anos 90, o FDA americano decidiu proibir os fabricantes que usavam o policarbonato para fabricar mamadeiras ou utensílios para alimentos e trocassem por outros como o polipropileno, polietileno, PET ou outros.

Inclusive aqui no Brasil, também foi baixada a proibição. Então, há cerca de 30 anos!!!, as indústrias brasileiras não usam a substância para fabricação de mamadeiras, copos, potes ou qualquer utensílio para contato com alimentos.

Mas, fica a recomendação no aquecimento de alimentos, de utilizar embalagens plásticas apropriadas para utilização em micro-ondas. Assim podemos prevenir para evitar deformação nos recipientes, mas, sem riscos para os alimentos.

 

Artigos relacionados

Inscrições abertas para o 5º Seminário Gente & Gestão do Sindiplastes

Inscrições abertas para o 5º Seminário Gente & Gestão do Sindiplastes

Estão abertas as inscrições para o V Seminário Gente & Gestão do Sindiplastes. O evento será realizado no dia 21 de outubro e terá como tema central as “Mudanças nos Modelos de gestão em Decorrência da pandemia”. As discussões vão reunir pesquisadores da fundação...

Nanotecnologia para combater covid-19 é tema de evento

Nanotecnologia para combater covid-19 é tema de evento

Investimentos em nanotecnologia podem facilitar a vida em sociedade no chamado novo normal. Antenadas neste cenário, empresas que tem atuação no setor do plástico tem investido recursos e pesquisas nesta ciência para buscar soluções eficazes no combate a pandemia da...

Usos e tecnologias nos hospitais é tema de Semana do Plástico

Usos e tecnologias nos hospitais é tema de Semana do Plástico

A utilização e novas tecnologias do plástico no dia a dia dos hospitais como nos curativos, bolsas de sangue, seringas e luvas próteses é o assunto a ser debatido durante a 14ª Semana do Plástico. O evento com o tema central a “Utilização do Plástico na Saúde” será...

Avenida Nossa Senhora da Penha,
Nº 2.053 – Ed. FINDES 3º andar,
Santa Lúcia, Vitória, ES,
CEP: 29.056-913
Telefone: 27 3334-5922

Newsletter

Fique por dentro das novidades do sindicato

Siga-nos

Acompanhe as novidades do Sindiplastes em nossas redes sociais.