SindiplastES buscará diálogo com distribuidores para conter escassez e alta do preço do plástico

Criado por sindiplastes

março 4, 2021

conter escassez e alta do preço do plástico

O SindiplastES vai promover o diálogo com os distribuidores de matérias-primas dos plásticos, mediados pela Braskem, para melhorar as condições de negócios e compra das indústrias capixabas do ramo. O acordo foi feito durante a “Live Sindiplastes” realizada nesta terça-feira (2), pelo superintendente do Sindiplast-ES, Gilmar Almeida Nogueira e com o diretor de negócios da Braskem, Allan Cury, a maior empresa petroquímica do país.

O diretor da maior produtora de resinas termoplásticas nas Américas e produtora de polipropileno nos Estados Unidos afirmou que será agendada uma reunião, com os distribuidores nacionais que atendem o Espírito Santo para identificar e tentar melhorar as condições de logísticas, prazo, quantidade, dentre outros.

Também explicou durante a live o aumento de preço do plástico que é provocado pela falta do produto no mercado. Fatores decorrentes da variação do câmbio e a oscilação dos preços das resinas dos mercados internacionais, que refletem no Brasil, também seriam os motivos para a elevação dos preços.

Já a escassez do produto vem de uma acentuada demanda ocorrida a partir do mês de junho e mudanças de hábitos de consumo, com o reconhecimento da importância do plástico (produção de seringa, recipiente de álcool, máscaras…), reflexos do cenário de pandemia da covid-19 e das paradas postergadas de manutenção.

“Estamos hoje em uma situação nunca antes vivida na América do Sul. Em março veio a pandemia, vários países entraram em lockdown e tiveram as indústrias penalizadas. De junho até hoje a indústria retomou com a produção forte, mas ainda não suficiente para atender a demanda acentuada”, comentou.

Em seguida, vieram outros fatores, de acordo com o diretor de negócios, como falta de insumos como o nafta, furacões no EUA, novas restrições em função da covid-19 e a mais recente onda de frio no Texas, EUA.

As formação de preços segue referências internacionais e o câmbio. E também que é fake news que a Braskem – que tem a Petrobras e a Odebrecht como principais acionistas – que deixará de atender ao mercado interno.

Artigos relacionados

Parceria com a FGW

Parceria com a FGW

Oportunidade para os associados e seus familiares que se preparam para os desafios do mercado. O Sindiplast-ES firmou convênio com a FGW para descontos especiais no mês do consumidor. E ainda garante a participação do sorteio de 10 mochilas. A Faculdade de Gestão Woli...

Avenida Nossa Senhora da Penha,
Nº 2.053 – Ed. FINDES 3º andar,
Santa Lúcia, Vitória, ES,
CEP: 29.056-913
Telefone: 27 3334-5922

Newsletter

Fique por dentro das novidades do sindicato

Siga-nos

Sed ut perspiciatis unde omnis iste natus error sit voluptatem accusantium doloremque